O blog da Anja!

O blog da Anja!
Eu sou uma Anja dos tempos modernos que adora contar histórias! Gosto de dar asas à imaginação.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Porque esperar é tão dificil...



É lógico que ninguém gosta de esperar para ser atendido, principalmente no médico, nos supermercados, na farmácia, na edp, nas águas, nas finanças ou na segurança social. Mas quando vamos para estes locais temos que ter bem presente a ideia que vamos ter que esperar pela nossa vez para sermos atendidos. Por isso temos ao dispor um sistema de senhas e de algumas escolhas personalizadas para que o atendimento seja mais rápido, apesar de quase nunca acontecer. Eu mesma fico inquieta, a dar voltas na sala na ânsia de ser chamada. Os lugares sentados ficam totalmente ocupados, enquanto muitos ficam de pé encostados à parede. A impaciência, os tiques nervosos e os suspiros são gerais! Alguns têm que ir até à rua para fumar um cigarro ou respirar um pouco de ar puro para conseguirem acalmar-se. O facto de estarem presos, com as suas vidas suspensas, para resolver, às vezes um problema de fácil resolução deixa qualquer um com os cabelos em pé! Mas o problema agrava-se quando chegam aquelas pessoas que só querem uma informação e encostam a barriga ao balcão e nunca mais de lá saem. O ambiente que já estava carregado de stress e de mau humor fica insustentável e não é preciso muita mais para que o rastilho da discussão largue as primeiras faíscas. As agressões verbais disparam e os insultos tomam conta da sala. Os clientes indignados expulsam toda a sua frustração e indignação no invasor. Eu chamo-lhes os "fura bichas", são geralmente pessoas com uma grande auto estima, egocêntricos ou fora da realidade e com uma desenvoltura fora de série. Acham que devem ser atendidos antes dos outros, porque o mundo é dos espertos. Não me posso esquecer também daqueles que tiram a senha e vão tratar de outros assuntos no exterior. Quando retornam ao estabelecimento o número deles já passou e querem ser atendidos na mesma. Em alguns locais há uma tolerância de três números, medida pouco popular e muito criticada pelos demais. Nem queiram saber a confusão e a contestação geral que uma situação destas provoca! Mas com essas atitudes disparatadas, geralmente, essas pessoas não conseguem os seus intentos e são colocados pelos outros no seu devido lugar. Depois temos outros locais em que o ruído é insuportável, como por exemplo no centro de saúde ou no cabeleireiro, as pessoas falam e riem alto incomodando os outros. Passado umas horas naquele ambiente ruidoso ficamos exaustos e cheios de dor de cabeça. Eu tento ao máximo evitar estes locais e só vou quando é estritamente necessário.

Sem comentários:

Enviar um comentário